Como escolher a zona da cidade para viver!

Como escolher o local para morar

A compra de um imóvel é um momento importante, mas também um processo com diversas etapas e passos a serem seguidos! Costuma-se dizer que, o primeiro passo no processo de compra de casa, é a escolha do local onde quer morar, sendo que este será um sítio onde, à partida, irá passar grande parte da sua vida.

Assim sendo, é uma escolha fundamental, que deve ser bem pensada, e que pode ter um impacto positivo na sua qualidade de vida. Para o guiar da melhor forma possível nesta difícil escolha, deixamos alguns pontos que deve ter em atenção na hora de escolher o local onde vai viver!

Considerações sobre o local

É importante que tenha em atenção dois fatores distintos: a acessibilidade (e a envolvência), e a segurança e existência de serviços nas redondezas. Quanto à acessibilidade, esteja atento a estes pontos:

Estacionamento
A existência (ou não…) de estacionamento na zona de habitação pode ser um fator eliminatório. Confira se o estacionamento é pago ou gratuito, ou até mesmo se existem planos para a colocação de parquímetros e venda de dísticos para residentes. Contudo, o dístico pode não lhe garantir um lugar à porta de casa todos os dias e, como tal isso, o investimento numa habitação com garagem pode ser benéfico.

Acessos rodoviários
Uma zona que tenha bons acessos rodoviários deve ser privilegiada, porque lhe vai permitir entrar e sair da sua zona de residência de várias formas. Para quem mora nos subúrbios, e trabalha no centro das cidades, ter um carro é muitas vezes essencial e, assim sendo, ter uma habitação com bons acessos é algo com bastante valor acrescentado.

Trânsito
Se pretende mudar-se para uma zona residencial com alta densidade, é expectável encontrar trânsito. Contudo, algumas pessoas não querem lidar com esta variável e, portanto, deve estudar os fluxos de veículos na zona de residência que tem em vista, perceber qual será o tempo de espera ao sair e regressar a casa e estudar que estradas alternativas existem, bem como os transportes públicos.

Transportes públicos
A existência de transportes públicos perto da zona de habitação pode ser um fator decisivo para si. Verifique o custo dos mesmos para o trajeto que fará para o seu emprego/local de estudo, e procure saber que tipo de sistema de transportes existem na zona: autocarros, metro ou outro. Quanto mais opções tiver, melhor poderá ser a escolha.

Já no que diz respeito à segurança, e aos serviços envolventes, estes são alguns dos pontos a ter em consideração:

(Serviços de) Segurança e Saúde
A presença de uma esquadra PSP ou GNR, um quartel de Bombeiros e um Hospital ou Centro de Saúde perto da zona de residência é fundamental para garantir a segurança e os cuidados de saúde das pessoas que moram nas proximidades. Verifique a que distância ficará destes três serviços, especialmente se tiver problemas de saúde.

Comércio e Serviços
A existência de lojas, mercados, farmácias ou outro tipo de comércio ao pé da zona de habitação poderá ser útil, porque evita deslocações para usufruir destes serviços de necessidade primária. Pode ainda verificar junto da Câmara Municipal correspondente quais são os planos de construção futuros para a zona onde quer habitar.

Escolas
Por último, mas não menos importante, se está a pensar em formar uma família, as escolas são um dos pontos a ter também em atenção. Perceba que escolas servem a futura zona de residência e se são escolas de ensino público ou de ensino privado ( para depois conseguir escolher, de acordo com a sua preferência).

Depois de escolher o local, poderá facilmente perceber a média de preços praticados na zona, e se está ou não dentro do seu orçamento para mudar de casa. Pode consultar ainda um agente do Grupo Move, e nós ajudámos durante todo o processo!

Junte-se à discussão

Compare listings

Comparar
Contacte-nos pelo WhatsApp
1