As Lendas Casamenteiras de Braga

Lendas Casamenteiras

Braga, região onde atualmente está sediado o Grupo Move, é uma cidade com mais de dois mil anos de história e, portanto, muitas são as tradições e lendas que tornam a nossa cidade numa das mais importantes, em termos históricos (e não só!), de todo o país!

Hoje, damos a conhecer as Lendas Casamenteiras! Quem mora em Braga, com certeza já conhece as histórias, e quem vem visitar a cidade, provavelmente também já ouviu falar delas… Mas a que se referem ao certo?

Lenda Casamenteira – Igreja de Santa Cruz

A primeira das lendas faz referência à Igreja de Santa Cruz, e aos galos existentes na fachada barroca da mesma. Reza então a história que existem 3 galos na fachada, e que a “moça casadoira” que os encontrar, tem casamento assegurado em breve…

Mas desengane-se quem pense que esta é uma tarefa fácil! Se os dois primeiros galos são relativamente fáceis de encontrar, descobrir o último revela-se extremamente difícil. O processo pode ser cansativo, mas a dificuldade que provém desta tarefa é vista como um dos requisitos mais importantes que antecedem o matrimónio.

E você, já tentou encontrar os 3 galos na fachada da Igreja de Santa Cruz? Caso visite a nossa cidade, esta é uma das tarefas que aconselhamos que faça!

Foto: portugalnomapa.com

Lenda Casamenteira – Estátua de São Longuinho

Já a segunda das curiosas Lendas Casamenteiras em Braga envolve a estátua de São Longuinho, no Santuário do Bom Jesus, e o… São João!

Longuinho era um lavrador abastado e com grande reputação, que se apaixonou loucamente por uma jovem, de seu nome Rosinha. Contudo, o coração já pertencia a outro rapaz. Ainda assim, o pai da jovem prometeu-a ao lavrador…

Rosinha, descontente, orou, e apelou a São João por um milagre, que não a fizesse casar com Longuinho. E eis que, para surpresa de todos, Longuinho teve compaixão pela felicidade da jovem e até se ofereceu para ser padrinho do casal.

A sua estátua simboliza então o altruísmo e o triunfo do amor verdadeiro! E, durante o São João, há agora uma tradição curiosa: as raparigas “namoradeiras” andam à volta da estátua e proferem determinadas orações, com o objetivo de apressarem o seu casamento.

Foto: mapio.net

Já conhecia alguma destas lendas? Se não conhecia, é normal… Mas, pois bem, agora, se visitar Braga, já sabe o que esperar!

Informações retiradas deste artigo!

Junte-se à discussão

Compare listings

Comparar
Contacte-nos pelo WhatsApp
1

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER!